logo_locamob
ir para o Locamob

Shows de Dezembro

por Sabrina27. novembro 2013 08:00
p>

E aí, galera! 

O ano está acabando, mas quem disse que a diversão também? Vários artistas nacionais e internacionais já confirmaram shows pra dezembro e para o comecinho de janeiro, querem ver?

 

Cazuza

Hã, mas como assim? Calma gente, não será um show de terror e nem será psicografado: já ouviram falar em hologramas? Pois então, o show, que vai acontecer no Parque da Juventude, trará um holograma 4D do cantor, feito através de animações de vídeos antigos. Serão suas horas (!) de show, com sucessos como "Exagerado", "Brasil", "O Tempo Não Para", entre outros. 

Quando: 30/11

Onde: Parque da Juventude (SP)

Quanto: Grátis

cazuza parque da juventude

[Leia mais]

4 Baladas de Black Music

por Sabrina20. novembro 2013 08:00

Olá, galera!

Hoje, como talvez vocês saibam, é comemorado o Dia Nacional da Consciência Negra. Mas talvez vocês não saibam que a data foi escolhida porque ela coincide com a morte de Zumbi (aquele mesmo cara das aulas de história, líder do quilombo de Palmares), em 1695. Durante essa semana, vários eventos acontecerão em homenagem ao dia, com palestras, exibição de filmes, danças e mostras da cultura negra - já mostramos alguns deles aqui.

Assim, como o final de semana já está quase chegando (uhul!), decidimos indicar algumas baladas que oferecem o melhor da black music! Vejam só:

 

Clube Glória

O Clube Glória já é bastante conhecido no cenário black de São Paulo (além de também ser reconhecida no cenário fashionista). O mais legal é que a balada fica em uma antiga igraja lá do Bixiga, o que dá uma ambientação muito legal e diferente de qualquer outra coisa. As músicas que mais rolam por lá são as músicas pop, hip hop (com noite especial nas quintas), rap, entre outras. Ah, há noites gays também, às sextas e sábados. Se você for para lá, sério, não se esqueça de ir com aquela roupa legal.

club gloria sp

[Leia mais]

5 Camarotes Para Ser Rei

por Sabrina6. novembro 2013 08:00

Como vão, pessoal? :D

Lembram do Rei do Camarote? Ele mesmo, aquele carinha feliz que chega a gastar míseros 50 mil reais em uma única noite na balada - quem nunca, né? Pois então, resolvemos fazer uma listinha com algumas baladas bem caras (quem sabe vocês não encontrem nosso mocinho por lá?). Vejam só:

 

Pink Elephant

A Pink Elephant é a filial brasileira de uma das mais conhecidas baladas americanas e fica localizada lá na Vila Nova Conceição. A balada conta com 16 camarotes que acomodam de 5 a 10 pessoas, com direito a garçonete particular - custando a bagatela de 2.500 a 3.000 realidades. Lá há ainda uma área chamada de "backstage", onde ficam as celebridades e os convidados dos donos do lugar. Se quiser, você ainda pode gastar mais um pouquinho com os drinks e bebidas do lugar.

pink elephant sp

[Leia mais]

Baladas de Halloween 2013

por Giovanna25. outubro 2013 08:00

O Halloween (31/10) já é quinta-feira que vem. E como no Brasil a tradição de sair fantasiado indo de porta em porta pedindo doces não é muito forte - o que é muto triste :( - o jeito é vestir a sua melhor fantasia e ir pra balada! No dia das bruxas várias baladas de São Paulo já tem programação especial com direito a concurso de fantasia e muito mais. Vamos conferir?

[Leia mais]

6 coisas pra fazer no fim de semana em São Paulo

por Giovanna11. outubro 2013 08:00

Olá, pessoal.

Depois de uma semana ~ daquelas ~, de muito trabalho (ou estudos, também), de aguentar o mal humor alheio do chefe ou professor, o fim de semana - que começa não-oficialmente toda sexta - chegou!

Se você já está planejando cada hora do seus preciosos dias de descanso, nós viemos te ajudar com umas dicas do que fazer e o que visitar no fim de semana em São Paulo. Bora conferir?

[Leia mais]

Os pães-duros piram

por Sabrina17. julho 2013 09:00

 

E aí, pessoal?

Ainda estamos na metade do mês, mas a grana está curta... ô, tristeza. Mas para vocês, pessoas duras, lisas e sem dinheiro nenhum, nós do Locamob viemos salvá-los! Confira alguns lugares para onde ir e gastar menos de R$ 50!

 

Diversão

 - Pinacoteca do Estado: para quem gosta de arte, esse é o passeio certo. Lá você encontra um acervo fixo com centenas de pinturas de artistas tanto nacionais quanto internacionais, além de vários esboços e estudos desses mesmos artistas. Você ainda pode conferir, todo mês, exposições diferentes no espaço. Os ingressos vão de R$3 a R$6 - de sábado e de quinta, das 18h às 22h, a entrada é franca.

 - CineSESC: com programação bem diversificada, que vai desde os filmes mais divulgados até os mais alternativos (além de abrigar mostras como o 8º Festival de Cinema Latino-Americano), o CineSESC é perfeito para quem quer ver bons filmes em uma sala com alta qualidade e pagar pouquinho. Os ingressos vão de R$8 a R$12.

 - Museu do Futebol: esse museu abriga várias exposições interessantes que mostram a história e a importância do futebol, tanto no Brasil quanto em outros países. Além disso, lá são realizadas palestras e - para a alegria da criançada - em Julho, há uma incrível programação de férias. Os ingressos custam R$6 e a entrada é franca aos domingos (durante a semana, crianças de até 7 anos não pagam).

 

 - Matilha Cultural: é um espaço cultural independente, formado por profissionais de várias áreas diferentes, que ministram debates sobre política e questões socio-ambientais. Lá sempre há exposições interessantes (tanto de arte quando de cinema), bem como palestras e cursos. Além disso, eles sempre promovem feiras de adoção de cães e gatos aos domingos. Os preços variam conforme a programação, mas são sempre bem baixinhos.

 - Casa Fora do Eixo: imagine uma casa onde moram 18 pessoas (fora alguns hóspedes), onde você pode curtir um showzinho de alguma banda mais alternativa - com direito a comidinhas e cerveja - de graça. A Casa Fora do Eixo é assim: eles tem até uma moeda própria. Se você gosta da vida no maior estilo "sociedade alternativa", esse é o seu lugar. Antes de ir, é só mandar um e-mail para contato@foradoeixo.org.br e pronto! Aí é só curtir.

 - Museu da Imagem e do Som: mais conhecido como MIS, esse museu apresenta um acervo incrível de fotografias, filmes e muito mais, que mostram a interessante história do audiovisual. Mas o melhor de tudo é a Green Sunset, uma festa de música eletrônica que é realizada todo terceiro fim de semana do mês, do lado de fora do Museu. A festa conta com DJs nacionais e internacionais e o ingresso custa só R$14! Veja um vídeo que explica mais sobre essa festa:

 

 

Comidas

 - Casa Búlgara: para quem gosta de bureka. CALMA GENTE, é só um prato típico da Bulgária (somos um blog de família, por favor) feito com uma rosquinha folheada com recheios que podem ser doces ou salgados. Na Casa Búlgara você pode experimentar vários sabores por precinhos que vão de míseros R$3 a R$4 (e para levá-las para casa, o quilo custa R$45).

 Olha que bonitinho que é lá!

 - Gopala Mandhava: um restaurante indiano honestí$$imo. São servidas duas opções de pratos por dia (lembrando que os pratos seguem a culinária lacto-vegetariana e que misturam ingredientes indianos com brasileiros), com suco, salada e sobremesa inclusos. O preço durante a semana é de R$25 e aos sábados é de R$30, com a opção de se pagar por meio prato (R$18 durante a semana e R$22 aos sábados). Eles não aceitam cartão, então leve dinheiro.

 - Suns Burguer: preços justíssimos para hambúrgueres enormes e caseiros. Eles servem sanduíches e comidinhas muito boas e bem preparadas, com muitas opções vegetarianas para quem quiser. Além disso, o pessoal que atende é muito simpático (e custa menos que o McDonald's, cof cof). São 240g de pura gordice por só R$18,90 (ou R$16,90 pros verdinhos).

 Apenas reparem no tamanho desse monstro.

 - Restaurante Huang: comidinha chinesa baratinha para quem está duro. O yakissoba serve tranquilamente umas 4 pessoas e custa só R$14. Além disso, o restaurante - que possui uma decoração bem simples, mas quem é que vai olhar para isso quando está com fome? - serve vários outros pratos e porções típicos chineses, todos muito bem servidos e bem baratos. 

 - Lamen Kazu: sabem o que é lamen? É miojo (só que japonês, né). Mas não pensem que é um miojo puro e simples: são mais de 16 receitas feitas com lamen importado do Japão!  Os preços vão de R$19 a R$35 (e às vezes você pode pegar uma fila, mas sem problemas).

 

Compras

 - 25 de Março: não poderia faltar na lista, né? Nessa rua (e nas ruas perto dela) você pode encontrar tudo o que precisa, desde tecidos até decorações e bijuterias (coisa que aliás não falta por lá). São centenas de lojas que oferecem os mais variados produtos pelos mais variados preços - é só saber escolher direitinho. Fora os camelôs, né...

 ... socorro.

 - Rua José Paulino: fica do ladinho da Estação da Luz e reúne dezenas de lojas ótimas para comprar vários tipos de roupas, desde as mais "modinha" até roupas de festa (que obviamente são bem mais caras). Dá para ficar horas entrando e saindo das lojinhas e ainda não conseguir ver todas...

 - Brás: esse bairro é um pouco melhor que a José Paulino porque: é um bairro INTEIRO com roupas baratinhas e bonitinhas. Tem roupa para bebês, crianças, adultos, velhinhos... tudo o que você puder imaginar por preços bem baixos. Dá para achar roupas legais por menos de R$50 tranquilamente.

 - Daiso Japan: a mais nova belezura de São Paulo. Imagine comprar tudo (ouviram bem? TUDO) pela bagatela de R$6. Pois é, esse é o paraíso para quem gosta de comprar muita coisa e pagar barato. Lá você encontra desde quinquilharias diversas até material escolar, decoração e muito, muito mais. Vale a pena conferir!

 

 

E aí, gostou dessas dicas? Tem mais alguma dica legal? Então fale pra gente nos comentários :D

 

O que fazer no sábado à noite

por Sabrina11. maio 2013 17:20

        

        Sábado chegou, finalmente! Depois de uma semana extremamente corrida e cansativa, na qual você correu atrás dos presentes para sua mãe (lembra desse, desse e desse post?), planejou o almoço de domingo e fez mais um milhão de coisas, o melhor para fazer nesse sábado à noite é... o quê?

         É nessa hora que a situação fica um pouco tensa. Você já foi a todas as baladas legais, acha que todos os restaurantes de São Paulo são iguais ou sem graça e também cansou de encher a cara com os amigos nos barezinhos da cidade. E agora, o que fazer? Bom, ficar em casa vendo filmes é sempre uma opção, mas não custa variar um pouquinho, não é mesmo?  Afinal, São Paulo oferece tantos lugares diferentes que fica até difícil de conhecer todos.

         Um destes locais é o Willi Willie, lá em Moema. O local não só oferece vários tipos de bebidas, porções e sanduíches, como também apresenta diversos shows com covers de bandas famosas (como Red Hot Chilli Peppers, entre outras), algumas bandas independentes e até mesmo shows de stand up comedy, para quem quer rir um pouco. Até aí normal, parece ser um bar como todos os outros. Mas o grande diferencial do local é que ele não é simplesmente um bar – é também uma arqueria! Na primeira arqueria de São Paulo (e do Brasil) você paga só R$5 e tem direito a dez tiros, sendo orientado por profissionais experientes, que deixarão suas aventuras mais seguras e divertidas. Imagine só, você vai se sentir como o próprio Legolas.

         Seguindo o conceito de bares interessantes, ainda há o Ludus Luderia, na Bela Vista. Além, é claro, das comidas e bebidas, você pode ir lá com seus amigos para jogar jogos de tabuleiro. Isso mesmo, lembra do Perfil ou do Detetive que você jogava quando era criança? Lá você pode jogar esses e mais de duzentos outros jogos diferentes e, se não souber jogar algum, você ainda pode pedir a ajuda dos atendentes, que vão te explicar direitinho como funcionam os jogos. É bem diferente, vamos combinar.

         Mas, para você que gosta de dançar, mas cansou da música puts-puts das baladas, também há opções de bares legais em São Paulo. O Xcaret, em Pinheiros, é um exemplo disso: ele é um dos melhores bares de música latina daqui de São Paulo. Inaugurado em 2005, o Xcaret apresenta bandas dos mais diversos ritmos latinos, como salsa, merengue, entre outros – e não adianta dar a desculpa de que não sabe dançar, pois eles também dão umas aulinhas para o pessoal.

         Tá bom, você não gosta de bailar. Mas você gosta de rockabilly e pensa que não há nenhum lugar em São Paulo que toque esse estilo de música. É claro que existe! O The Clock Rock Bar, na Barra Funda, é um dos únicos espaços da cidade no qual a programação é toda feita de rock dos anos 50 e 60 e também é um dos únicos na qual você pode ir vestido à caráter (não que você não possa se vestir do jeito que quiser, mas você entendeu a proposta). Lá são apresentados shows de diversas bandas do estilo e você ainda pode ter algumas aulinhas antes deles (para não pagar nenhum mico).

         Você ainda não ficou satisfeito? Tente então o The View Bar, que fica lá na Alameda Santos. Não é uma boa escolha se você tem medo de altura, já que ele fica no 30º andar de um prédio - mas a vista da Avenida Paulista e do resto da cidade de São Paulo é de tirar o fôlego. Tudo bem, você pode ficar sem apreciar essa vista linda, mas pelo menos experimente a comida de lá. Com diversas opções de entradas, sanduíches, saladas, jantares e sobremesas, você pode achar que o preço é absurdo, mas não é não -  é justo.

         Não gostou? Beleza, tem mais uma dica rapidinha: o restaurante Skye, no Jardim Paulista. Localizado na cobertura do Hotel Unique, ele oferece comidas deliciosas preparadas pelo renomado chef Emmanuel Bassoleil e uma vista maravilhosa da cidade de São Paulo.  Vai perder essa?

         Bom, se você não gostou de nada, você ainda pode conferir mais opções de divertimento clicando aqui. Mas, fala sério, quer opções mais legais e diferentes do que estas?

         Você pode baixar o aplicativo do Locamob clicando aqui.

         E aí, o que achou? 

Há mais diferenças entre um pastel e um paxxtel do que imagina nossa vã filosofia

por Sabrina29. abril 2013 10:19

      Há um bom tempo que quase todo mundo sabe que há uma grande diferença entre viver na cidade de São Paulo e viver na do Rio de Janeiro. Essa diferença, entretanto, não fica só na bolacha e no bixxcoito, ou no mesmo e no meixxmo -  e nem no fato de lá no Rio haver praias e aqui em São Paulo não: o custo de vida entre as duas cidades possui uma diferença muitas vezes gritante.

     A diferença entre o pacote de 1kg de feijão, por exemplo, é bem grande (R$3,03 no Rio e R$4,57 em São Paulo), assim como a entrada em uma balada, que no Rio custa R$41,71 e em São Paulo custa R$52,28 – mas não é tanto quando comparamos com os valores da educação: no Rio, a mensalidade do curso de Administração custa, em média, R$720,22 e, em São Paulo, custa R$1.126,15. A diferença é assustadora! 

    E não para por aí: há uma grande disparidade entre os preços de vários outros serviços, que envolvem transporte, diversão e teatros, comida, moradia, entre outras categorias. Mas por que isso acontece? A resposta é fácil: depende do salário médio de cada região, dos impostos sobre os produtos e mais várias outras coisas, que colaboram para deixar o preço de algum artigo mais caro ou mais barato, dependendo da região (se é mais perto ou mais afastado do centro) e até mesmo da época do ano. 

     Confira o infográfico que fizemos (fonte):

Infográfico - As diferenças entre SP e RJ

        No geral, a vida em São Paulo é um pouco mais cara do que a vida lá no Rio – e mais cinza, também, não é mesmo? Mas isso não parece importar para quem vive na cidade; quem é paulista de verdade sempre reclama, mas não trocaria São Paulo por nenhuma outra cidade. No Rio, é claro, acontece a mesma coisa: nenhum carioca quer deixar a Cidade Maravilhosa e abrir mão daquela caminhadinha gostosa pela areia antes de ir para o trabalho.

Gostou desse infográfico? :) Compartilhe em seu blog ou Site! Basta inserir o código abaixo em sua página. Simples Assim. s2

Facebook

Sobre o Locablog

O Locablog é o Blog do Locamob.

Com esse blog nós pretendemos aproximar a relação com nossos usuários e visitantes, fazendo do nosso cantinho um espaço agradável e divertido, onde você pode comentar e compartilhar tudinho em suas redes sociais.  ;)

Vamos indicar para você os melhores locais de todo o Brasil, te contar curiosidades sobre esses lugares e sobre o próprio Locamob, além de infográficos exclusivos, vídeos, histórias, notícias, coisas engraçadas e muito mais.

Então faça o seguinte: Fique à vontade! s2